O jogo

JOGAR é a grande alegria da infância; é através do jogo que as crianças podem ser elas mesmas. Está comprovado que JOGAR é uma maneira de desenvolver diferentes aspectos do comportamento físico, afetivo e mental.

O conceito de competição não é eliminado, mas é essencial que as estruturas de competição apresentadas sejam apropriadas às características comportamentais das crianças.

A abordagem consiste em oferecer situações básicas e simples que sejam acessíveis às crianças e que venham de encontro às suas motivações. 

A abordagem da iniciação ao futebol pode ser resumida como segue:

 

  • Antes de tudo é um JOGO
  • Deve se apresentar sempre como um JOGO
  • Deve ser simplifi cado e adaptado às características das crianças
  • A iniciação ao futebol apresenta os dois conceitos básicos do futebol: cooperação e oposição
  • A iniciação ao futebol é um ótimo meio de desenvolvimento físico, motor, psicomotor, mental e social  

bc4c8226_04.jpg

Frequência e duração

A frequência das sessões depende da idade e da experiência das crianças. As escolas de futebol podem programar uma ou duas sessões por semana, enquanto os clubes formadores geralmente organizam um máximo de três sessões semanais para crianças menores de 12 anos. A duração da sessão de treinamento pode ser reduzida devido a condições metereológicas adversas (calor, frio, chuva, vento, etc). Portanto, o treinador-educador deve adaptar a sessão conforme a idade e o nível técnico das crianças, assim como de acordo com o clima. 

Grassroots

Football for everyone